Featured Video

Páginas

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Estacionamento rotativo pago no centro de Mossoró não é para agora, diz Semob


O projeto da zona azul, de estacionamento rotativo no Centro, não será para agora, de acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana (SEMOB).

Isso apesar de a Câmara Municipal ter aprovado a matéria na última terça-feira (30). Conforme a pasta, o foco agora é resolver a questão dos ônibus da empresa BR Buss, que ainda estão chegando e sendo equipados e vistoriados para os novos itinerários.

Nesta semana, o Município foi obrigado a colocar os novos veículos nas ruas porque a empresa Sideral, que cuidava do transporte público local, decidiu proibir o uso das carteiras de estudante e vales-transporte.

Todos deveriam pagar a passagem inteira. Por tudo isso, a questão da zona azul “está bem complicada”, disse a Semob por meio da assessoria de imprensa.

Em entrevista ao JORNAL DE FATO, a Confederação dos Dirigentes Lojistas de Mossoró (CDL/Mossoró), também por sua assessoria de imprensa, disse que o presidente da entidade, Getúlio Vale, apoia o estacionamento rotativo; mas, para ela, é realmente preciso solucionar primeiro a questão dos ônibus.

Apesar de haver mais ônibus nas ruas, nem todos aprovaram as novidades. Segundo usuários, os itinerários ficaram mais longos e parte da população está prejudicada.

“Os que vão para o [conjunto] Vingt Rosado entram tudinho na Leste Oeste [Avenida Dix-neuf Rosado]. Ficou tudo mais longe (sic)”, disse a doméstica Lindomar Belarmino.

O novo sistema passou a funcionar na quarta-feira, 1.º. De acordo com a Prefeitura, além das oito linhas já existentes, foram implantadas mais três: a universitária, a Centro-Shopping e a Santo Antônio-Centro.

A Semob disse esperar o restante da frota até o fim deste mês. Apenas 17 dos mais de 30 prometidos estão nas ruas.

As rotas, que foram redimensionadas, segundo a pasta, são as seguintes: Abolição, Liberdade via Planalto, Santa Delmira via Redenção, Shopping, Belo Horizonte via Boa Vista, Sumaré, Universitária, Vingt Rosado, Nova Vida, Aeroporto via Doze Anos e Santo Antônio-Centro.

As ruas, avenidas e praças por quais passam os ônibus em tais itinerários estão disponíveis no portal da Prefeitura.

No momento, a empresa BR Buss celebrou com o Executivo um contrato emergencial temporário. Ainda neste ano, espera-se que seja realizada a licitação definitiva para a concessão de novas linhas.

Conteúdo: Defato

Prefeitura do Assú entrega mais uma escola reformada e ampliada


A Prefeitura do Assú realizou nesta quinta-feira (02), a inauguração das novas instalações da Escola Municipal São Manoel, localizada na comunidade de Mutamba da Caeira, que foi completamente reformada e ampliada, investimento final de 230 mil reais.

A inauguração contou com a presença do Prefeito Ivan Júnior, secretário municipal de educação e cultura Alberto Luís, presidente da Câmara Municipal Breno Lopes, vereadores, secretários municipais, estudantes, pais e professores.

Durante a solenidade o secretário Alberto Luís afirmou que a comunidade recebe uma nova escola, com três salas de aula, móveis novos, laboratório de informática, refeitório, biblioteca, sala de leitura e pátio coberto. “Estamos entregando uma escola com toda estrutura adequada para que os alunos, professores e funcionários desenvolvam suas atividades em um ambiente acolhedor, agradável e seguro”.

Dona Nilda Nogueira dos Santos, com um filho de 8 anos estudando o terceiro ano declarou estar feliz com a reforma e ampliação da escola: “Não é uma reforma, é um colégio praticamente novo, tá lindo o colégio tá maravilhoso e nós devemos ajudar a preservar, eu vou ensinar meu filho a zelar o colégio”. Afirmou dona Nilda.

O prefeito Ivan Júnior reafirmou o compromisso da administração com a Educação: “Queremos fortalecer cada vez mais o processo de ensino-aprendizagem, para isso, estamos investindo na valorização e qualificação dos profissionais de educação, na estrutura física das escolas, em equipamentos e em tecnologia.” Destacou o prefeito.

Investimento
O investimento na infraestrutura das escolas têm sido uma constante por parte da Prefeitura do Assú, em 2015, somente em recursos próprios foram investidos mais de 500 mil reais, com isso, a prefeitura esta fechando quase 100% das escolas municipais reformadas e ampliadas nos últimos 6 anos.


SEACOM - PMA

PREFEITURA MUNICIPAL DO ASSÚ NOTA DE ESCLARECIMENTO


Ao tomar conhecimento de matéria envolvendo a Prefeitura do Assú publicada no portalnoar.com desta quinta-feira, 02/07/2015, no tocante a abertura de procedimento investigatório acerca da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em construção na cidade, a Prefeitura Municipal do Assú esclarece que desconhece o referido procedimento e cita entre outras desvirtudes da referida reportagem a informação de que foram requisitadas informações à Prefeitura Municipal de Assú quanto ao assunto. A solicitação, esclarecemos, não ocorreu nem por parte do portal, nem por parte do Ministério Público.

Da mesma forma, a Prefeitura do Assú, lamenta que o portal tenha usado como fonte para sua narração a Assessoria de Imprensa do Ministério Público Federal, órgão que confiamos e somos otimistas na sua seriedade, o que nos faz acreditar que jamais trataria de uma questão desta grandeza nos modos descritos na reportagem.

Entretanto, atuando sempre dentro do que preconiza os princípios norteadores da administração pública e em respeito ao povo do Assú, a Prefeitura vem em razão das noticias publicadas na mídia sobre a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em construção na cidade do Assú, prestar os seguintes esclarecimentos:

1 - A UPA está sendo construída através de recursos assegurados pela Prefeitura do Assú junto ao Governo Federal, através do acordo firmado com o Ministério da Saúde;

2 - A prestação de contas tem sido regularmente apresentada no prazo por parte do município para que ocorram as liberações de recursos por parte do Governo Federal e, na verdade, a empresa vencedora do processo licitatório, a Três Construtora, deveria caminhar para atender o cronograma estabelecido para conclusão da obra;

3 - A Secretaria Municipal de Infraestrutura por meio do Setor de Engenharia, no entanto, detectou a paralisação da obra sem uma justificativa da referida construtora, visto que não existe qualquer pendencia do município com a empresa. A alegação de um pedido de aditivo por parte da Três Construtora – fato ocorrido inclusive de forma verbal – não justifica as razões da paralisação;

5 - No momento, a obra está sob a responsabilidade da empresa Três Construtora. Desta forma, qualquer dano ou prejuízo deve ser reparado pela mesma sem que haja qualquer elevação nos valores contratados;

6 - A paralisação da obra demandou uma notificação extrajudicial a empresa com a solicitação de retorno dos serviços e o prazo será finalizado nesta sexta-feira, 03 de julho de 2015. Caso, não ocorra o estabelecido, a Prefeitura Municipal do Assú tomará as providências para formalizar a rescissão do contrato em razão do descumprimento, pela contratada, das obrigações contratuais por ela assumida.

Outrossim, e para que não haja nenhuma dúvida quanto à lisura deste processo, a Prefeitura Municipal do Assú está à disposição de todos os órgãos e autoridades. Portanto, outras informações acerca do assunto – sem que a Prefeitura Municipal do Assú seja sequer ouvida –, entendemos e absorvemos como uma tentativa de denegrir o trabalho de investimento da atual gestão em favor da melhoria e do desenvolvimento do município do Assú.

Prefeitura Municipal do Assú

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Natal está entre as cinco cidades mais procuradas


Um estudo realizado pelo Hotel Urbano (www.hotelurbano.com), agência online de viagens com mais de 18 milhões de viajantes cadastrados, aponta as cidades de Porto Seguro-BA, Fortaleza-CE, Gramado-RS, Natal-RN e Maceio-AL como as mais buscadas por brasileiros que desejam viajar durante os próximos três meses. Entre as dez cidades mais buscadas, sete são na região Nordeste. A procura por destinos da região registra crescimento médio de 115% na agência online de viagens, segundo a companhia.Ana Silva
Praia de Ponta Negra, em Natal: Alta do dólar estaria favorecendo viagens dentro do Brasil
Praia de Ponta Negra, em Natal: Alta do dólar estaria favorecendo viagens dentro do Brasil
“O turismo interno é a bola da vez em 2015. E viajar para o Nordeste nesta época do ano traz um excelente custo-benefício. Não por acaso a região desponta como a mais procurada pelos brasileiros”, afirma Antônio Gomes, cofundador e diretor comercial do Hotel Urbano. “A alta do dólar desanimou muitos brasileiros que planejavam passar a temporada de inverno no exterior. Boa parte dos viajantes trocou Caribe e Estados Unidos, por exemplo, por destinos nacionais”, afirma o executivo.

Também estão na lista dos destinos mais procurados no Brasil Campos do Jordão-SP, Mata de São João-BA, Porto de Galinhas-PE, Ilhéus-BA e Búzios-RJ.  O estudo Sondagem do Consumidor, do Ministério do Turismo, reforça a análise. O levantamento mediu a intenção de viagem do brasileiro pelos próximos seis meses e aponta que 74,1% dos viajantes pretendem viajar pelo País. E o Nordeste é a região mais procurada.

Atrações serão exibidas para argentinos
Sete jornalistas argentinos desembarcaram ontem no Rio Grande do Norte para conhecer as atrações turísticas do estado. O presstrip faz parte da estratégia de divulgação do voo direto entre Buenos Aires e Natal, que a companhia aérea GOL começa a operar neste sábado, dia 4 de julho. A ação é realizada por uma parceria da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) com a GOL, a Emprotur (Empresa Potiguar de Promoção Turística) e a Embaixada do Brasil em Buenos Aires.

“Essa é mais uma prova da importância de agirmos junto com as empresas do setor. A promoção do Brasil tem que ir além de propagandas, ampliando parceiras público-privadas e integrando a cadeia produtiva. Unidos com o setor privado conseguimos fortalecer essa promoção e aumentar a exposição do País como destino turístico”, explica Vinicius Lummertz, presidente da Embratur.

Além de conhecer Natal, capital do Rio Grande do Norte, o grupo fará mergulho em Maracajaú, o tradicional passeio de Buggy pelo litoral e Dunas de Genipabu, conhecerá a praia de Pipa a lagoa de Guaraíras.

 Essa é a segunda ação feita pelo Instituto para potencializar o novo voo entre Argentina e Brasil. No começo de junho a Embratur participou, junto com a Embaixada do Brasil, do Congresso Argentino de Agentes de Viagens e de uma blitz nas agências de viagem em cidades argentinas.

 Hoje, a Argentina é o maior emissor de turistas para o Brasil, representando quase 30% dos visitantes que vêm ao País. Atualmente existem 242 frequências semanais de voos que saem de lá, com um aumento de 1,04% em relação a 2014.

O voo direto entre o RN e a Argentina, foi oficialmente lançado em junho, em Buenos Aires, pelo governo potiguar. 

A nova rota área é apontada como resultado da redução do ICMS sobre o querosene de aviação (QAV), que o governo concedeu este ano, numa tentativa de estimular o turismo.

Tribuna do Norte

TAM conhece projetos do RN para receber hub e Governo apresenta incentivos


Técnicos da TAM e representantes do Poder Público foram, na manhã desta quinta-feira (2), ao aeroporto internacional Governador Aluízio Alves para conhecer as ações do Governo do Estado e Prefeitura de São Gonçalo do Amarante com relação ao terminal de passageiros e que possam contribuir para chegada da central de conexões (hub) da empresa no estado. No encontro, o Executivo entregou pacote de incentivos para que o estado seja escolhido como sede.Adriano Abreu
Estrutura do aeroporto é um dos trunfos do RN para receber hubEstrutura do aeroporto é um dos trunfos do RN para receber hub
esde as 9h percorrendo o terminal, os técnicos da TAM visitaram torre de controle, terminal de cargas e área de embarque de bagagens. O consultor de projetos Tiago Lopes e o analista de projetos Cássio Martins, ambos da LATAM, estiveram acompanhados por dois consultores americanos que estão visitando as três cidades que disputam o hub (Natal/São Gonçalo, Fortaleza e Recife). 

Também participando da visita, o governador Robinson Faria e o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, tiveram a companhia de auxiliares durante o encontro. O secretário estadual de Planejamento, Gustavo Nogueira, fez uma explanação de dez minutos ressaltando as vantagens oferecidas pelo Rio Grande do Norte, enquanto o diretor do DER, general Jorge Ernesto Fraxe, explicou como serão os acessos ao terminal. 

O pacote de incentivos do Governo do Estado, com proposta de redução de tributos para compra de aeronaves, peças e serviços de catering (alimentação), foi entregue pelo Executivo. A proposta, além da estrutura oferecida no estado, são considerados pontos fortes do Rio Grande do Norte na disputa para sediar o hub.

"A análise técnica é o nosso trunfo. Os outros estados têm política, mas nós vamos ganhar no laudo técnico", explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico do estado, Paulo Cordeiro.

Tribuna do Norte

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Prefeitura do Assú já recuperou mais de 200 km de estradas em 2015


Com mais de 80% do seu território de 1.269.235 km² em área rural e comunidades a 60 km da zona urbana, o município do Assú possui centenas de quilômetros de estradas vicinais. Considerando que essas estradas são de extrema importância econômica, social e ambiental, a Prefeitura do Assú, mantêm um programa permanente de manutenção e recuperação dessas estradas e de vias urbanas não pavimentadas. 

Em 2015, incluindo trechos onde o trabalhado foi realizado mais de uma vez, a Secretaria Municipal de Infraestrutura, restaurou e reconstruiu aproximadamente 200 quilômetros de estradas vicinais e vias públicas. Além da recuperação de estradas, prefeitura tem utilizados suas máquinas em ações voltadas para a limpeza, recuperação e construção de açudes e barreiros, um trabalho de extrema importância para o Homem do Campo que vive, dia a dia, a maior estiagem dos últimos 100 anos.  Este trabalho foi intensificado no inicio de 2015 e já beneficiou centenas de famílias, muitas delas tiveram seus reservatórios cheios pelas chuvas. 

O prefeito Ivan Júnior ressalta a importância de valorizar as famílias do campo, como forma de fortalecer a produção rural e garantir a sustentabilidade da agricultura familiar: “Este trabalho de recuperação de estradas e de combate à seca faz parte de um grande projeto que visa promover o desenvolvimento rural, baseado nas prioridades de cada comunidade”, explica o prefeito.

SEACOM - PMA


Taxa de desemprego deve subir para 6,8% em junho, projeta Fipe


A taxa de desemprego deve subir para 6,8% em junho, um avanço de 0,1 ponto porcentual na comparação com maio, estimou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), com base em dados da Catho, empresa de recrutamento online. Se confirmada a projeção, o avanço na comparação com junho de 2014 será de 2 pontos porcentuais, o maior acréscimo em 12 meses de toda a série histórica da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), iniciada em março de 2002, ressalta a Fipe.Ana Silva
Projeção da Fipe para junho é a mais alta desde julho de 2010Projeção da Fipe para junho é a mais alta desde julho de 2010
A projeção da instituição para a taxa de desemprego em junho também representa o valor mais alto registrado desde julho de 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) além de ser o oitavo mês consecutivo em que o nível de desemprego permanece estável ou aumenta na comparação com igual mês do ano anterior. "A tendência de piora segue, visto que a cada mês a distância da taxa de desemprego atual com relação à do mesmo mês do ano anterior aumenta", diz o relatório.

Metodologia


A estimativa da Taxa de Desemprego Antecipada usa dados em tempo real para produzir informações e estatísticas por meio da técnica do "nowcasting". A Fipe cruza informações obtidas com buscas na internet (por meio de palavras-chave relacionadas a emprego, por exemplo) com informações de vagas, candidatos e contratações da Catho, além de outros dados econômicos e também a própria série da PME dos meses anteriores para estimar a taxa de desemprego do mês corrente.

Salário médio

O valor médio dos salários dos admitidos entre março e maio de 2015 foi 1,6% menor que o registrado no mesmo período de 2014, já descontada a inflação do período. O cálculo da Fipe com base em dados Catho revela que esta retração é mais intensa que a registrada na crise de 2009. "Ainda que esse resultado não seja o pior que vimos nos últimos meses (em fevereiro a queda foi de 2,1% e em março, de 1,5%) é fato que o resultado atual se configura como um número fraco de variação dos salários de admissão", afirma a nota.

Segundo a Fipe, a evolução da remuneração dos trabalhadores que começam em um emprego é um termômetro mais ágil de variações dos salários do que a média de remuneração de toda a população ocupada.

Além disso, no trimestre encerrado em maio de 2015, os novos profissionais foram contratados por um salário médio 10,7% menor que o dos trabalhadores que foram demitidos ou deixaram seus empregos. Esta retração mostra a dificuldade que os postulantes a emprego encontram no momento de negociar o valor da remuneração.

O indicador de pressão salarial referente a maio ficou em 0,893, na série com ajuste sazonal. A média registrada entre 2006 e 2015 é de 0,916. No período, o momento de maior pressão salarial foi em abril de 2012, quando o indicador ficou em 0,941. "A partir de então, lentamente, a pressão salarial apresenta tendência de queda e já está significativamente abaixo da média do período 2006-2015, indicando que o mercado de trabalho está num período menos apertado", afirma a Fipe.

Conteúdo: Tribuna do Norte

Prefeitura do Assú abre inscrição para o Bolsa Educação referente ao semestre 2015.2


A prefeitura do Assú através da secretaria municipal de Desenvolvimento Social e Habitação publicou no Diário Oficial do Município desta terça-feira (30 de junho) o edital com as normas para o processo de inscrição no Programa Bolsa Educação referente ao segundo semestre do ano de 2015.

De acordo com o edital o período de inscrição será de 06/07/2015 a 17/07/2015, no horário das 8h às 16h, exceto sábados, domingos e feriados, através do preenchimento do formulário específico de requerimento disponível na secretaria municipal de Desenvolvimento Social e Habitação da prefeitura do Assú.

A prefeitura do Assú na gestão do prefeito Ivan Júnior trabalha com um conjunto amplo de políticas sociais, todas elas interligadas e voltadas para os segmentos de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade.

Neste contexto, está inserido o programa de apoio aos estudantes de baixa renda do município no objetivo de garantir a oportunidade deles cursarem uma graduação ou o ensino técnico em instituições de ensino localizadas em outro município.  

O programa denominado de Bolsa Educação, da prefeitura do Assú, uma iniciativa inédita no Rio Grande do Norte, beneficia os estudantes com apoio financeiro depositado diretamente na conta do beneficiário após um processo de seleção promovido através de edital público e que comprove entre outros critérios: o perfil social, a matrícula escolar, a realização da despesa conforme as normas do edital e tenha uma frequência escolar nunca inferior a setenta e cinco por cento das aulas.

No semestre letivo 2015.1 a prefeitura do Assú atendeu por meio do Bolsa Educação uma média mensal de 315 estudantes que deslocavam-se de Assú para Angicos, Macau e Mossoró. O desembolso por parte do município é feito mensalmente, atendendo três faixas de valores financeiros conforme a renda familiar do beneficiário.

Além disso, a prefeitura do Assú custeia integralmente o transporte diário nos três turnos de aproximadamente 400 alunos que estudam no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN, campus Ipanguaçu.
___________________________

Assessoria de Projetos Especiais
Prefeitura Municipal do Assú/RN
Alderi Dantas (84) 99419 2427

Rafael Motta pode apoiar novo texto da maioridade penal


Proposta rejeitada ontem contemplava outros crimes além dos considerados graves

O deputado federal Rafael Motta afirmou nesta quarta-feira (1º) que caso o novo texto da PEC que estabelece a redução da maioridade penal receba uma emenda para restringir a proposta a crimes hediondos, aqueles considerados repugnantes, ele pode ser favorável à aprovação da matéria. “Se confirmada a mudança, com uma emenda que atenha a redução aos crimes praticados com violência ou grave ameaça à pessoa, como homicídio, estupro e latrocínio, posso apoiar a a alteração da maioridade penal”, disse Rafael Motta.

A proposta que foi rejeitada na noite desta última terça-feira (30/06) continha crimes que não são classificados como hediondos, como a apropriação indébita de bem alheio, por isso, um novo texto deve ser submetido ao plenário hoje à noite. “Entendo que a sociedade clama por essa redução, mas o texto substitutivo contemplava outros crimes além dos hediondos, como o roubo, nivelando-o a crimes tais quais o homicídio e estupro. Além disso, um jovem que comete um roubo ou é aviãozinho no tráfico, pode ser recuperado de forma mais fácil. Colocá-lo na prisão junto com um adulto no atual sistema prisional, só o tornará pior”, declarou o parlamentar.

Rafael Motta se posicionou contrário à redução de 18 para 16 anos para crimes não hediondos, por entender que a proposta deve se limitar àqueles praticados com violência ou grave ameaça. fez questão de ressaltar, ainda, a necessidade de uma discussão mais profunda sobre o assunto, debatendo não só a redução da maioridade penal, mas sim o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). "É necessário atualizarmos o ECA, estabelecendo punições reais e ressocialização para quem comete atos infracionais", analisou o parlamentar. 


Contato
Ciro Marques (84) 9952.9174 // (84) 9473.1447
Camila Pimentel (61) 8210.9697



Uma reflexção