Featured Video

Páginas

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Caravana da Vitória faz visita a Várzea do Assú para Dilma e Robinson


Ivan Lind F
Caravana 3
O prefeito do Assú Ivan Júnior, os vereadores e demais lideranças que apoiam o candidato ao Governo do Estado, Robinson Faria (PSD), arrastou uma multidão vestida de vermelho e azul, durante a visita da Caravana da Vitória as comunidades rurais de Poré, Fazenda Nova, Panon 1 e 2, Nova Esperança, Mutamba e Linda Flor.
Caravana 8
Caravana 7
O prefeito Ivan Júnior pediu votos para a reeleição da presidente Dilma e também para o candidato a governador Rio Grande do Norte, Robinson Faria, do PSD. Na companhia do empresário Patrício Júnior, do ex-vereador Odelmo Rodrigues, os vereadores e demais lideranças, o prefeito discursou para milhares de pessoas durante trajeto da Caravana da Vitória.
Blog do VT

Deputado George Soares chama prefeito de Assu Ivan Júnior, de 'macaco'


O ex-vereador João Walace, George Soares e o vice-prefeito Eurimar 
O deputado estadual George Soares (PR) voltou ontem para as ruas de Assú com gosto de gás para defender o candidato do PMDB, Henrique Alves e durante comício no Feliz Assu, o parlamentar do PR, chamou o prefeito do Assú de 'macaco', segundo relato feito ao Blog do VT pelo dono de bar conhecido por Pixete e outros populares.
Os moradores contam que George Soares falou em alto e bom som que o prefeito do Assu, Ivan Júnior estava pulando de galho em galho, igual a macaco. O prefeito no primeiro turno apoiou Henrique e agora ele e o seu grupo votam no candidato do PSD, Robinson Faria.
George já começou o festival de baixaria contra o prefeito Ivan Júnior. O deputado andava na companhia do vice-prefeito Eurimar, a vereadora Eli da Saúde, o ox-vereador João Wallace visitando os bairros: Vista Bela, Bela Vista, Parati 2000, Alto do São Francisco, Cohab, Lagoa do Ferreiro de Fora e o Feliz Assú.
O deputado George Soares que teve uma votação expressiva com mais de 15 mil votos na cidade, municipalizou a campanha para forçar uma vitória de Henrique que perdeu para Robinson no primeiro turno.
Post :Blog do VT

Esclarecimento a respeito de informação falsa divulgada no Facebook


Com relação à postagem disponível no Facebook a respeito de atualização de cadastro de funcionários dos Correios, informamos que o arquivo divulgado é falso, tendo sido manipulado digitalmente para dar a impressão de que os Correios pediram aos seus empregados para preencher um formulário com seus dados eleitorais. A empresa já está adotando as medidas judiciais cabíveis sobre o assunto.


Os Correios não pediram aos seus empregados que preencham um formulário com seus dados eleitorais.

A carta verdadeira enviada pelos Correios já traz os dados eleitorais do empregado e solicita que sejam verificadas eventuais divergências com os dados constantes na base do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – veja a carta verdadeira neste link.

Não há irregularidade nesta ação. Pelo contrário, ela visa atender exigência legal prevista no art. 7º, § 1º, II do Código Eleitoral:

Art. 7º O eleitor que deixar de votar e não se justificar perante o juiz eleitoral até 30 (trinta) dias após a realização da eleição, incorrerá na multa de 3 (três) a 10 (dez) por cento sobre o salário-mínimo da região, imposta pelo juiz eleitoral e cobrada na forma prevista no art. 367.     

§ 1º Sem a prova de que votou na última eleição, pagou a respectiva multa ou de que se justificou devidamente, não poderá o eleitor:

II – receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou para estatal, bem como fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo ou que exerçam serviço público delegado, correspondentes ao segundo mês subsequente ao da eleição;

Pela legislação, o empregador público é obrigado a suspender vencimento, remuneração ou salário de empregado que não tenha cumprido a obrigação eleitoral. Para facilitar o procedimento de verificação, as entidades públicas fazem a comprovação da quitação eleitoral diretamente com o Tribunal Superior Eleitoral, dispensando a necessidade de apresentação de comprovante de voto pelos empregados a cada eleição.

Para que a verificação não seja prejudicada no caso de divergência entre os dados cadastrais constantes nas bases dos Correios e do TSE, a empresa solicita que os empregados realizem a verificação de seus dados. Procedimento semelhante de troca de dados entre Correios e órgãos públicos ocorre também no caso da comprovação de declaração de imposto de renda pelos empregados.

No caso do TSE, esse procedimento já é adotado desde 2008 e vem reduzindo a ocorrência de divergências no processo de comprovação de quitação eleitoral.

Em 2008, a empresa identificou, por meio desse procedimento, que 7.818 empregados estavam com dados divergentes da base do TSE. Em 2010, foram 7.629 empregados e em 2012, 6.099.

Sem isso, os Correios teriam que receber e armazenar a cada 2 anos cerca de 300 mil cópias de comprovantes de votação.


Assessoria de Comunicação dos Correios - ASCOM/RN
Telefones: (84) 3220-2405 / 2472



terça-feira, 21 de outubro de 2014

Embraer apresenta avião de transporte militar KC-390 em Gavião Peixoto, SP


Do G1 São Carlos e Araraquara
Embraer apresenta avião de transporte militar KC-390 em Gavião Peixoto, SP (Foto: Divulgação/ Embraer )Embraer apresenta avião de transporte militar KC-390 em Gavião Peixoto, SP (Foto: Divulgação/ Embraer )
A Embraer e o Comando da Aeronáutica apresentaram, nesta terça-feira (21), o primeiro protótipo do avião de transporte militar KC-390 produzido na fábrica de Gavião Peixoto (SP). Essa é a maior aeronave fabricada no Brasil, segundo a empresa. O evento teve a presença do Ministro da Defesa, Celso Amorim. O acordo entre a Força Aérea Brasileira (FAB) e a fabricante brasileira de aviões prevê a aquisição de 28 aeronaves ao longo de dez anos - a primeira entrega está programada para 2016.

Com a apresentação, a companhia poderá realizar testes em solo antes do primeiro voo da aeronave, previsto para ocorrer até o final deste ano. Segundo o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro Juniti Saito, o KC-390 será a espinha dorsal da aviação de transporte da FAB. "Ele poderá operar tanto na Amazônia quanto na Antártica. As turbinas a jato conferem bastante agilidade à aeronave, que cumprirá todas as missões, mas muito mais rápido e melhor”, afirmou por meio da assessoria de imprensa.

Após o evento, a aeronave vai continuar com as avaliações iniciais de sistemas e, em seguida, com o primeiro acionamento do motor, os testes de vibração em solo e demais ensaios planejados. O avião é o primeiro de dois protótipos que serão usados nas campanhas de desenvolvimento, testes de solo, testes de voo e certificação.

A partir de 2016, os aviões vão substitutir a frota de aviões Hércules, que são usados atualmente. "Eles [os Hércules] estão fazendo 50, 60 anos e estão merecendo uma justa aposentadoria, no mundo inteiro. [O KC-390] é um avião de última geração. Eu diria que não é só o maior avião produzido no Brasil, provavelmente é o maior projeto de avião produzido no hemisfério sul. É um avião que vai ter grande importância militar, transporte de tropas, reabastecimento em voo, mas também para a Defesa Civil, para evacuações médicas, incêndios. É um grande passo que o Brasil e a Embraer estão dando e também é um passo importante em termos de cooperação internacional de uma maneira positiva", disse o ministro Amorim.

O avião
O KC-390 é um projeto da FAB com a Embraer para produção de um avião de transporte militar tático e reabastecimento em voo que representa um avanço significativo em termos de tecnologia e inovação para a indústria aeronáutica brasileira. Ele começou a ser desenvolvido em 2009, na unidade da Embraer em Gavião Peixoto.

A aeronave é projetada para estabelecer novos padrões em sua categoria, com menor custo operacional e flexibilidade para executar uma ampla gama de missões: transporte e lançamento de cargas e tropas, reabastecimento aéreo, busca e resgate e combate a incêndios florestais, entre outras. "Vou dar como exemplo o vírus ebola. A partir do momento que você tem uma aeronave capaz de atender uma emergência dessa com mais rapidez, maior capacidade de carga, você consegue completar essa missão com muito mais segurança", disse o chefe do escritórios de projetos da FAB, Brigadeiro José Augusto Crepaldi.
 O primeiro protótipo do avião de transporte militar KC-390 produzido na fábrica de Gavião Peixoto (Foto: João Barbosa/Arquivo Pessoal)O primeiro protótipo do avião de transporte militar
KC-390 (Foto: João Barbosa/Arquivo Pessoal) 
Com turbinas a jato, o KC-390 ppode alcançar a velocidade de 850 km/h. Uma aeronave poderá decolar de Brasília e chegar sem escalas a qualquer capital brasileira com 23 toneladas de carga, sua capacidade máxima. Nas asas, o avião poderá levar até 23,2 toneladas de combustível. Além de alimentar as próprias turbinas, também será possível fazer o reabastecimento em voo (REVO) de outros aviões ou helicópteros. É por isso que a aeronave é chamada de KC: C de Carga e o K de tanker, ou reabastecedor, em inglês. O KC-390 também terá a capacidade de ser reabastecido em voo por outras aeronaves. 

O compartimento de carga tem 18,54 metros de comprimento, um pouco maior que uma quadra de vôlei. A largura é de 3,45 metros e a altura é de 2,95 metros. O espaço é suficiente para acomodar equipamentos de grandes dimensões, além de blindados, peças de artilharia, armamentos e até aeronaves semi-desmontadas.Também poderão ser levados 80 soldados em uma configuração de transporte de tropa, 64 paraquedistas, 74 macas mais uma equipe médica ou ainda contêineres, carros blindados e outros equipamentos.

Produção em série
No dia 20 de maio deste ano, a Embraer e a Força Aérea Brasileira assinaram o contrato de produção em série para a entrega de 28 aeronaves KC-390 e suporte logístico inicial. Além da encomenda FAB, existem atualmente intenções de compra de outros países totalizando 32 aeronaves. Um hangar em Gavião Peixoto foi inaugurado para a linha de montagem.

O contrato para produção em série prevê investimento de R$ 7,2 bilhões. Mais de 1,5 mil trabalhadores se envolveram diretamente no projeto, além de mais de 50 empresas brasileiras participaram do desenvolvimento do cargueiro. A Embraer tem negociações para a venda do KC-390 no exterior. Há intenções de compra do pela Argentina, Chile, Colômbia, Portugal e República Tcheca.
Ministro da Defesa, Celso Amorim participa de apresentação do avião de transporte militar KC-390 em Gavião Peixoto (Foto: Divulgação/ Embraer)Ministro Celso Amorim participa de apresentação do avião militar KC-390  (Foto: Divulgação/ Embraer)



Embraer apresenta avião de transporte militar KC-390 em Gavião Peixoto, SP (Foto: Divulgação/ Embraer)Embraer apresenta avião de transporte militar KC-390 em Gavião Peixoto, SP (Foto: Divulgação/ Embraer)

Estatais caem forte e puxam queda da Bovespa após pesquisa eleitoral


Do G1, em São Paulo

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em forte queda nesta terça-feira (21), reagindo à última pesquisa eleitoral, que mostrou vantagem numérica da presidente Dilma Rousseff contra Aécio Neves, no segundo turno da eleição presidencial.

O Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista, caiu 3,44%, aos 52.432 pontos. Perto do horário de fechamento, os papéis da BM&F Bovespa apareciam entre as maiores perdas, caindo mais de 8%. A Eletrobras, a Petrobras e o Branco do Brasil perdiam cerca de 7%. Veja cotação.

Na semana, a Bovespa acumula queda de 5,91% e no mês, de 3,11%. No ano, há valorização de 1,8%.

Dados mostrando que a China cresceu no terceiro trimestre no ritmo mais fraco desde a crise financeira corroboravam o tom negativo. O Produto Interno Bruto (PIB) chinês cresceu 7,3% entre julho e setembro sobre o ano anterior, de acordo com dados oficiais.

O dólar também reagiu ao cenário eleitoral e fechou em alta nesta terça. A moeda norte-americana avançou 0,52%, a R$ 2,4766 na venda.


segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Dilma tem 52%, e Aécio, 48% dos votos válidos, aponta Datafolha


Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (20) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República:
Dilma Rousseff (PT): 52%
Aécio Neves (PSDB): 48%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo".

De acordo com o Datafolha, na reta final da eleição, os candidatos continuam empatados, no limite da margem de erro, de dois pontos percentuais para mais ou para menos, mas Dilma aparece pela primeira vez numericamente à frente de Aécio em um levantamento feito após o primeiro turno.

No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 15, Aécio tinha 51% e Dilma, 49%.

Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:
- Dilma Rousseff (PT): 46%
- Aécio Neves (PSDB): 43%
- Em branco/nulo/nenhum: 5%
- Não sabe: 6%

Na margem de erro, os candidatos estão empatados tecnicamente.
O Datafolha ouviu 4.389 eleitores no dias 20 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01140/2014.

Certeza do voto
O Datafolha também perguntou, entre os dois candidatos, em quem os eleitores votariam com certeza, em quem talvez votassem e em qual não votariam de jeito nenhum. Veja os números:

Dilma
45% - votariam com certeza
15% - talvez votassem
39% - não votariam de jeito nenhum
1% - não sabe



Aécio
41% - votariam com certeza
18% - talvez votassem
40% - não votariam de jeito nenhum
2% - não sabem

1º turno
No primeiro turno, Dilma teve 41,59% dos votos válidos e Aécio, 33,55% (veja os números completos da apuração no país).

Avaliação do governo Dilma
O governo da presidente Dilma Rousseff é aprovado por 42% dos entrevistados da pesquisa. Esse é o percentual dos que avaliam o governo como ótimo ou bom.
O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:
- Ótimo/bom: 42%
- Regular: 37%
- Ruim/péssimo: 20%
- Não sabe: 1%

G1.Com


Origem do sexo pode está nos peixes: Cientistas identificam peixe pré-histórico como primeiro a fazer sexo


Cientistas acreditam ter descoberto a origem do sexo.
 O acasalamento do Microbrachius dicki era feito com uma espécie de dança, em que a penetração ocorria de forma lateral e de 'mãos dadas'  (Foto: BBC)O acasalamento do Microbrachius dicki era feito com uma espécie de dança, em que a penetração ocorria de forma lateral e de 'mãos dadas' (Foto: BBC)
Segundo um grupo internacional de pesquisadores, um peixe pré-histórico, o Microbrachius dicki, é o primeiro animal que se tem notícia de ter parado de se reproduzir com fertilização externa (em que os peixes inseminam seus ovos fora dos organismos) e começado a copular.

O peixe, que viveu há 385 milhões anos e media apenas 8 cm, vivia em lagos no que hoje é a Escócia.

As conclusões dos cientistas foram publicadas da revista de ciência Nature.
"Nós definimos o ponto da evolução em que teve início a fertilização interna nos animais", afirma John Long, acadêmico da Flinder University, da Austrália, de um dos principais autores do estudo.

Apêndice em 'L'
 Fósseis do Microbrachius dicki são comuns, mas durante anos a vida sexual do peixe passou despercebida pelos cientistas por décadas  (Foto: BBC)Fósseis do Microbrachius dicki são comuns, mas
}durante anos a vida sexual do peixe passou
despercebida pelos cientistas por décadas
(Foto: BBC)

Long revelou que sua descoberta ocorreu por acaso, enquanto observava alguns fósseis.
Ele percebeu que um dos espécimes do peixe tinha um apêndice em forma de "L", diferentemente de outros fósseis, que continham uma espécie de abertura.

"Esse apêndice era usado para transferir o sêmen para a fêmea", explica o pesquisador.
Por conta de sua anatomia, o Microbrachius precisava fazer uma estranha "dança" de acasalamento.

"O peixe precisava copular de lado, como numa espécie de dança, em que as barbatanas serviam para dar apoio enquanto o macho introduzia seu membro na fêmea", diz Long.
Curiosamente, essa forma de reprodução não durou. Os pesquisadores acreditam que o Microbrachius voltou a utilizar a inseminação externa. A copulação só voltaria a ocorrer no mundo animal milhões de anos depois, em algumas espécies de tubarões e arraias.

Outra grande surpresa é o Microbrachius ter passado despercebido por tanto tempo pelos cientistas.

"Este peixe é bastante conhecido e seus fósseis são comuns. Não se trata também de um animal encontrado em alguma localização exótica. É incrível que não tenhamos percebido antes", afirma o biólogo Matt Friedman, da Universidade de Oxford.

Em 2009, outro estudo apontara um outro peixe, o Incisoscutum ritchiei, como o primeiro animal a tentar a reprodução pelo ato sexual, mas a criatura viveu pelo menos 20 milhões de anos depois do Microbrachius.

Rebecca MorelleRepórter de Ciência da BBC News/G1.Com

Pesquisa CNT/MDA: Dilma tem 45,5% e Aécio 44,5%


A 125ª Pesquisa CNT/MDA, realizada 18 e 19 de outubro de 2014 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra vantagem da candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) na disputa presidencial. Pelos dados da pesquisa, a presidente tem 45,5% das intenções de voto na pesquisa estimulada, contra 44,5% de Aécio Neves (PSDB). Pela margem de erro, que é de 2,2% para mais ou para menos, os candidatos estão empatados tecnicamente. Arquivo TN
Aécio Neves e Dilma Rousseff disputam o segundo turno
Aécio Neves e Dilma Rousseff disputam o segundo turno


A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR - 01139/2014. Foram entrevistadas 2.002 pessoas de 137 municípios de 25 Unidades da Federação.

Confira os dados da pesquisa:

INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE (ESPONTÂNEA)

Dilma Rousseff (43,8%), Aécio Neves (42,1%)

2º TURNO - INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE (ESTIMULADA)

Dilma Rousseff (PT) – 45,5%
Aécio Neves (PSDB) – 44,5%

VOTOS VÁLIDOS
(percentual calculado excluindo os percentuais de brancos, nulos e indecisos)

Dilma Rousseff (PT) – 50,5%
Aécio Neves (PSDB) – 49,5%

LIMITE DE VOTO

DILMA ROUSSEFF: é a única em que votaria (38,1%); é uma candidata em que poderia votar (19,3%); não votaria nela de jeito nenhum (40,7%); não conhece/não sabe quem é/ nunca ouviu falar (0,2%).

AÉCIO NEVES: é o único em que votaria (34,4%); é um candidato em que poderia votar (21,4%); não votaria nele de jeito nenhum (41,0%); não conhece/não sabe quem é/ nunca ouviu falar (1,1%).

HORÁRIO ELEITORAL

Assistiu ou ouviu no 2º turno: Sim (64,8%), Não (34,5%)
Candidato considerado o melhor no horário político (para quem assistiu/ouviu):
Aécio (47,4%), Dilma (38,0%)

FAVORITISMO DOS CANDIDATOS

Candidato que os eleitores acreditam que vencerá as eleições: Aécio Neves (46,7%), Dilma Rousseff (42,5%).

Fonte: Tribuna do Norte

Noite da Boemia relembra Núbia Lafayette em Assú


Na noite da última sexta-feira (17), a cidade de Assú e sua população prestaram uma verdadeira homenagem a uma de suas filhas mais ilustres: a cantora Núbia Lafayette. A homenagem foi dentro da programação especial organizada pela Prefeitura nas comemorações pelos 169 anos de emancipação política do município.

A homenageada foi lembrada com uma grande seresta no especial Noite da Boemia, projeto cultural encampado pela administração municipal, que tem o objetivo de revitalizar as antigas serestas e que recebeu na sexta a cantora Karla Patrícia e diversos cantores e seresteiros assuenses . “Foi maravilhoso. Todo o repertorio de Núbia foi destacado e embalou a noite de todos os presentes. Acredito que Núbia gostou dessa homenagem”, ressaltou o agitador cultural Renato Mark Wanderley.

Na noite também foi lançado na cidade o livro “Núbia Lafayeffe – A voz sentimento” do radialista, escritor e professor baiano Hamilton dos Santos, que na ocasião recebeu uma placa de reconhecimento pelo trabalho de pesquisa realizado durante vários anos. “Essas duas homenagens a filha ilustre de Assú foram pensadas com muito carinho e respeito a sua memória. Um verdadeiro ícone do cancioneiro brasileiro nas décadas de 1960 e 1970”, explicou Daílson Machado, secretário de Juventude, Esportes, Eventos e Turismo de Assú.

Núbia
Núbia nasceu em Assú, onde residiu até os três anos, idade que tinha quando a família se mudou para o Rio de Janeiro. Desde tenra idade demonstrou talento para a música apresentando-se em programas infantis desde os oito anos.

A carreira de Idenilde, verdadeiro nome de Núbia, teve início no final da década de 1950, com o nome artístico de Nilde Araújo. Nessa época trabalhava como vendedora nas Lojas Pernambucanas do Rio de Janeiro quando resolveu participar no programa de calouros "A voz de ouro", da TV Tupi, interpretando canções da época. Foi crooner da boate Cave do Rio e estreou cantando Dalva de Oliveira.

O nome artístico definitivo de Núbia Lafayette foi adaptado em 1960 por sugestão do compositor Adelino Moreira. Foi nesse ano que gravou o seu primeiro disco com o samba-canção "Devolvi", de Adelino Moreira. Este trabalho a projetou definitivamente como cantora romântica e popular.
Veja mais fotos do evento em:

SEACOM/Assessoria de Imprensa- PMA

sábado, 18 de outubro de 2014

Henrique Alves fez na noite de ontem (17) em Assú discurso de candidato derrotado


Visivelmente descontente, muito provavelmente com a pífia movimentação, o candidato Henrique Alves, seguindo o modelo do deputado George Montenegro, limitou-se basicamente a falar de sua história política e a bater no prefeito Ivan Júnior, esquecendo-se de falar de propostas para o Assú e para o estado.


Abrindo os discursos o deputado João Maia, visivelmente desconcentrado, o povo, que já era pouco, foi abandonando o local e criando enormes espaços vazios numa demonstração de repúdio aos candidatos Henrique Alves e João Maia.